Skip to content
Santo Sedutor

Impotência sexual

Tudo o que você deve saber sobre Impotência Sexual.

Impotência Sexual

A impotência sexual, também chamada de disfunção erétil, é uma doença que afeta homens de diferentes idades, embora seja mais comum naqueles que já passaram dos quarenta anos.

Embora não cause dores físicas, a impotência sexual causa um grande estrago tanto na autoestima masculina, prejudicada pela incapacidade de que o homem tenha uma relação sexual de qualidade com seu parceiro ou parceira, como também prejudica os relacionamentos.

Vários casamentos acabam desfeitos por causa do problema, que provoca profundo sofrimento também nas mulheres que vivem relacionamentos com homens que sofrem deste problema, já que algumas acreditam serem elas as culpadas pela disfunção erétil.

O que alguns homens desconhecem, no entanto, é que existem diversos fatores, tanto físicos quanto emocionais que podem causar a doença, e que sim, existem inúmeros tratamentos capazes de devolver a eles uma vida sexual ativa e satisfatória.

Sofre desse problema ou conhece alguém que enfrente a impotência sexual, já buscou ajuda com inúmeras fontes e não encontrou ajuda? Então esse texto é para você. Aqui explicamos tudo o que você precisa saber sobre a impotência sexual.

O que é a impotência sexual?

A impotência sexual é a incapacidade que alguns homens têm de manter uma ereção e ter uma relação sexual satisfatória. Essa doença tem inúmeras causas, que vão desde problemas de saúde a fatores emocionais. Conheça abaixo cada uma das principais causas da impotência.

O que pode causar a impotência?

Quando se pensa em impotência sexual, a primeira imagem que costuma vir à nossa mente é o de um homem maduro, já na casa de seus setenta ou oitenta anos, e que está sofrendo desse problema em consequência de seus outros muitos problemas de saúde.

O que acontece, no entanto, é que esse problema, infelizmente, é mais comum do que se imagina, e pode ser desencadeado por inúmeros fatores.

Um desses é o uso excessivo de alguns medicamentos, como os remédios receitados para o tratamento da depressão, da hipertensão ou até mesmo para combate de psicoses podem provocar impotência, se tomados fora da prescrição médica.

Quem fuma ou bebe em excesso também pode desenvolver impotência, independente de sua idade, assim como quem usa drogas descontroladamente.

Algumas doenças ou distúrbios hormonais podem causar a diminuição da testosterona, provocando problemas de ereção. Os males crônicos, como o diabetes, a insuficiência renal e a hipertensão arterial também podem desencadear esse problema.

A impotência sexual pode ser provocada, ainda, por problemas físicos, como fibrose, cistos, tumores, deformidades no órgão sexual, excesso de peso, obesidade ou males neurológicos, como o Parkinson, o Alzheimer, a esclerose múltipla, lesões na medula ou tumores cerebrais.

Além das causas físicas, existem também questões de ordem emocional que podem prejudicar o desempenho sexual de um homem. Por exemplo, pressões psicológicas, medo, depressão, traumas ou até mesmo estresse podem provocar episódios de impotência mesmo entre os mais jovens.

Quais os sintomas da impotência?

Quais os sintomas da impotência?

Embora a impotência sexual não produza sintomas como a dor, por exemplo, ela tem alguns sinais que podem ajudar tanto o homem que está sofrendo com o problema, quanto seu médico a identificar o problema.

Quem sofre com impotência costuma ter dificuldades frequentes para conseguir ou até mesmo manter uma ereção, e quando consegue, essa ereção é menos rígida e mais flácida.

O órgão sexual de um homem que sofre de impotência costuma diminuir um pouco, e ele leva muito mais tempo para atingir a ereção do que um homem que não sofra de nenhum problema.

A impotência sexual também prejudica que a relação sexual seja praticada em determinadas posições. Quando chega nesse estágio, o homem precisa se concentrar muito mais para permanecer ereto, o que torna as relações ainda mais difíceis.

Entre os outros sintomas que podem ser atribuídos à impotência sexual estão, ainda, diminuição de pelos, menos ereções espontâneas ao acordar, deformações ou alterações em seu órgão sexual ou, ainda, a presença de doença vascular periférica, prejudicando a irrigação dos membros inferiores do corpo.

Como saber se sofro realmente de impotência sexual?

Algumas vezes, os homens estão sob grande pressão emocional e, por isso, não são capazes de manter uma ereção por muito tempo. Por isso, alguns acabam desconfiando que estão sofrendo de impotência sexual.

O importante é compreender que não são todos os homens que sofrem de impotência, e muito menos não ser capaz de ter uma ereção em um determinado dia configura a existência da doença.

Por isso, antes de se desesperar, é importante procurar um médico urologista e relatar o problema. O médico irá avaliar seu estado físico e emocional e, caso necessário, realizará também exames clínicos para atestar a existência ou não de um problema.

Caso você seja diagnosticado com impotência sexual, o profissional recomendará o início do tratamento imediatamente, para que você retome a qualidade de seus relacionamentos íntimos.

Como dissemos anteriormente, existem inúmeros tratamentos para a impotência, que vão desde o uso de medicamentos às alternativas naturais, mas vamos detalhá-los melhor abaixo.

Como tratar a impotência sexual?

O tratamento da impotência sexual irá variar de acordo com as causas da doença. Em geral, são receitados remédios, como Viagra, que produzem uma ereção duradoura pouco tempo depois de ingeridos.

Em outros casos, os médicos podem aconselhar a realização da terapia de reposição com hormônios, que podem ser aplicados em cápsulas, adesivos ou por meio de injeções que aumentam os níveis de testosterona.

Quando a terapia com remédios falha, os médicos podem fazer uso de aparelhos de vácuo. Esses instrumentos ajudam na ereção. Agora, quando nenhuma destas opções não trouxer o resultado desejado, pode ser necessária a colocação de uma prótese peniana.

Além disso, em muitos casos, é recomendável que o homem busque ajuda psicológica para enfrentar a impotência, assim poderá focar seus esforços no tratamento e na cura do problema, sem achar que ele é o causador da doença.

Embora seja um problema bastante delicado, e que prejudica a autoestima de muitos homens, a impotência sexual tem cura, e pode ser tratada e até curada dependendo de suas causas. O importante é não se deixar abater com o diagnóstico, e buscar sempre ajuda médica.